fbpx
Ir para o conteúdo principal
Payarea

Contrato-quadro para serviços de pagamento e mandato

Versão de fevereiro de 2021

Por um lado, o usuário se cadastrou na plataforma do parceiro.

(Doravante, o "usuário")

E, por outro lado, MYTRIPLEA FINANCIACIÓN PFP, SL, empresa espanhola, domiciliada para efeitos de notificação no Centro Empresarial Las Camaretas, Calle N, nº 6, 4º andar, Golmayo Soria, CIF B 42206037, inscrita no Registro Mercantil de Soria no volume 193, fólio 210, primeira entrada. Representado por Jorge Antón Sanz na qualidade de administrador único em virtude de escritura pública outorgada perante o Tabelião Público de Madrid, Dona Eva Sanz de Real, em 23 de abril de 2013 com o número 319 do seu protocolo e inscrita no Registro Mercantil de Soria ao volume 193, fólio 210, primeira entrada. (Doravante, "ÁREA DE PAGAMENTO")

As Partes reconhecem a capacidade jurídica necessária para contratar e vincular-se e, em especial, para outorgar este mandato e contrato de serviços de pagamento (o "Contrato"), e para tanto

EXPOR

I. MYTRIPLEA, que comercializa serviços de pagamento sob a marca Pay Area, é uma entidade de pagamento espanhola autorizada pelo Ministério da Economia e Competitividade, nos termos da Lei 16/2009, de 13 de novembro, sobre serviços de pagamento (“LSP”) e Real Decreto 712/2010, de 28 de maio, sobre o regime jurídico dos serviços de pagamento e das entidades pagadoras. A ÁREA DE PAGAMENTO está registrada no Registro de Entidades de Pagamento Híbrido do Banco da Espanha com o número de código 6869. A atividade da ÁREA de PAGAMENTO é supervisionada (i) pelo Banco da Espanha, em relação à prestação de serviços de pagamento e (ii ) pelo Serviço Executivo da Comissão para a Prevenção do Branqueamento de Capitais e Infrações Monetárias, no que diz respeito ao cumprimento da regulamentação relativa à prevenção do branqueamento de capitais e do financiamento do terrorismo.

II. Que o usuário esteja cadastrado na plataforma do parceiro

III. Aquela ÁREA DE PAGAMENTO celebrou um acordo de colaboração com a entidade indicada no Anexo I para a prestação de serviços de pagamento aos utilizadores registados na Plataforma Parceira, no que se refere ao acesso à tecnologia da ÁREA DE PAGAMENTO, à execução das operações de pagamento vinculadas à sua participação utilizadores na Plataforma Parceira, bem como a gestão da cobrança correspondente ao retorno do investimento, para pagamento aos utilizadores.
O utilizador, como utilizador de serviços de pagamento, tem interesse em que a ÁREA DE PAGAMENTO seja o seu prestador de serviços de pagamento no que diz respeito à execução de operações de pagamento associadas à sua participação na Plataforma Parceira. Da mesma forma, o usuário tem interesse na ÁREA DE PAGAMENTO gerenciando a cobrança dos valores correspondentes ao retorno do seu investimento na Plataforma Parceira.

IV. Entender-se-á que o utilizador tem o estatuto de consumidor, quando o utilizador for uma pessoa singular que actue no presente contrato para fins alheios à sua actividade económica, comercial ou profissional.

V. Que em face do exposto, as partes concordam em assinar este Contrato, o qual realizam de acordo com o seguinte

ESTIPULAÇÕES

1.- Abertura da conta de pagamento do usuário (“conta do usuário”)

1.1. Através deste contrato, PAY AREA procederá à abertura e manutenção de uma conta de pagamento por tempo indeterminado, nos termos previstos no regulamento dos serviços de pagamento (doravante, "conta de usuário"), da qual o usuário será o proprietário. E cujo uso exclusivo pelo esta última limita-se à execução de operações de pagamento vinculadas à sua participação na Plataforma Parceira, cujos beneficiários sejam (i) outros usuários da Plataforma Parceira, (ii) a Entidade proprietária da Plataforma do Colaborador, em relação às comissões que , se for o caso, o usuário deverá pagar a ela, ou (iii) qualquer outra pessoa ou entidade envolvida na operação de financiamento na Plataforma do Colaborador (doravante, todas elas designadas por “Beneficiários”).
Entende-se por transação de pagamento qualquer ação, iniciada pelo usuário, pela qual a ÁREA DE PAGAMENTO coloca, transfere ou retira fundos da conta de pagamento, independentemente das obrigações subjacentes entre o originador e o beneficiário da transação de pagamento.

1.2. A abertura da conta de pagamento será efetuada no momento em que o utilizador conclua o registo na Plataforma Parceira e efectua a disponibilização dos fundos na conta bancária indicada por ÁREA DE PAGAMENTO, por transferência ou pagamento por cartão de crédito, para a execução de operações de pagamento aos “beneficiários”.

1.3. O código de conta de pagamento criado em virtude deste contrato será notificado ao usuário por meio da Plataforma do Parceiro.

1.4. A conta de pagamento está vinculada à execução de operações de pagamento, especificamente:
a) A emissão de transferências cujos destinatários serão os “beneficiários”.
b) O pagamento dos valores correspondentes ao retorno dos investimentos na Plataforma Colaboradora efetuados pelo usuário.

1.5. A ÁREA DE PAGAMENTO não pode executar, por débito na conta do utilizador, ordens de transferência definitivas emitidas pelo utilizador em que seja beneficiário da mesma, nos termos do disposto no artigo 22.2 do Real Decreto 712/2010, de 28 de Maio, de o regime jurídico dos serviços de pagamento e das entidades de pagamento.

1.6. A activação da conta de pagamento e consequente disponibilização dos fundos nela recolhidos, estará sujeita ao aporte prévio do utilizador das informações e documentação exigidas pela ÁREA DE PAGAMENTO no processo de registo na Plataforma Parceira, em cumprimento das obrigações estabelecidas pelos regulamentos para a prevenção de lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo, que podem incluir documentação de apoio da atividade do usuário ou a origem legal dos fundos.

1.7. O usuário autoriza expressamente a entidade proprietária da Plataforma Colaboradora a acessar as informações da conta de pagamento do usuário, com o único propósito de poder verificar o estado de execução das operações de pagamento vinculadas à Plataforma Colaboradora na qual o usuário participa.
A entidade proprietária da Plataforma Colaboradora não gerará informações sobre a conta de pagamento do usuário, sendo essas informações prestadas pela ÁREA DE PAGAMENTO

2.- Limitações operacionais da conta do usuário

A conta do usuário terá as seguintes limitações operacionais:

2.1. Você pode não ganhar juros.

2.2. Terá associado, desde a sua abertura e a todo o momento, uma conta de depósito em espécie (conta bancária) aberta pelo utilizador numa instituição de crédito autorizada em Espanha ou num país membro da União Europeia, apresentando documento comprovativo da sua titularidade. Essa conta bancária será chamada de "conta bancária associada" e pode ser modificada pelo usuário, fornecendo o comprovante de propriedade correspondente. Quando por qualquer motivo superveniente não houver conta bancária associada, a ÁREA DE PAGAMENTO colocará à disposição do usuário o saldo da conta do usuário, mediante entrega ou envio de cheque pessoal, informando prontamente o usuário sobre tal circunstância.

2.3. Quando a conta do usuário não apresentar nenhuma operação de pagamento no último ano, o PAY AREA irá transferir o saldo da conta do usuário para a conta bancária associada. Para estes efeitos, as entradas e saídas feitas pelo utilizador titular da conta não serão contabilizadas como operação.

2.4. A conta do usuário não poderá apresentar saldo devedor para as operações de pagamento iniciadas diretamente pelo usuário, de forma que os usuários só poderão emitir ordens de pagamento até o valor disponível em sua conta de usuário.

3.- Créditos e débitos na conta do usuário.

3.1. O usuário pode fazer a provisão de fundos na conta do usuário por qualquer um dos seguintes meios:
a) Transferência de sua conta bancária associada para a conta bancária da ÁREA DE PAGAMENTO.
b) Cobrança no cartão de débito ou crédito, de que o utilizador é titular, pelo pagamento do valor correspondente na conta da ÁREA DE PAGAMENTO.
De forma a permitir ao utilizador efectuar a disponibilização de fundos na conta de pagamento através da cobrança do seu cartão, a PAY AREA integrou na sua plataforma um POS virtual disponibilizado pelo seu banco.
Os referidos fundos serão creditados na conta do usuário assim que o seu pagamento for creditado na conta bancária da ÁREA DE PAGAMENTO.
As despesas repassadas ao usuário pelo seu prestador de serviços de pagamento em decorrência da transferência de fundos para a conta bancária da ÁREA DE PAGAMENTO serão por conta do usuário. Os fundos creditados na conta do usuário somente poderão ser utilizados para a realização de operações de pagamento aos “beneficiários”, sem prejuízo do disposto na cláusula 2.3.

3.2. O usuário pode fazer o fornecimento de fundos da conta de pagamento por qualquer um dos seguintes meios:
a) Pela emissão de ordem de transferência para pagamento à beneficiária, emitida de acordo com o disposto na cláusula 4.1.
b) Pela emissão de ordem de crédito na conta bancária associada a que se refere a cláusula 2.2, emitida diretamente na plataforma ÁREA DE PAGAMENTO. A ÁREA DE PAGAMENTO efetuará o pagamento solicitado pelo usuário em sua conta bancária associada por transferência bancária.

4. Autorização, recepção e revogação da operação de pagamento

4.1. As ordens de pagamento serão consideradas autorizadas pelo usuário quando este tiver dado consentimento para a sua execução, nos termos previstos no artigo 25 do PSL. Neste sentido, o utilizador emitirá o referido consentimento directamente na plataforma PAY AREA, de acordo com o procedimento de autenticação estabelecido pela PAY AREA, utilizando para o efeito as credenciais de segurança fornecidas pela PAY AREA. A Plataforma de Contribuidor incluirá um processo

Conexão direta específica com a plataforma PAY AREA para que o usuário possa emitir a ordem de pagamento.
4.2. Ambas as partes concordam que o momento do recebimento da ordem de pagamento, para efeito de início do cálculo do prazo para sua execução, será o dia útil em que a entidade proprietária da Plataforma Colaboradora confirma à ÁREA DE PAGAMENTO:
(i) a subscrição dos documentos correspondentes junto dos beneficiários das operações de pagamento.
(ii) Se for o caso, no momento em que o usuário deverá pagar o valor acumulado em favor da entidade proprietária da Plataforma do Colaborador ou de qualquer outro participante da Plataforma do Colaborador da qual o usuário participa.
Em qualquer caso, a ordem de pagamento não será considerada recebida pela ÁREA DE PAGAMENTO se o saldo da conta do utilizador for inferior ao valor da ordem de pagamento.

4.3. Em virtude do disposto no artigo 37.4 LSP, o usuário pode revogar a ordem de pagamento o mais tardar no final do dia útil anterior ao dia acordado para o seu recebimento, conforme previsto na seção 4.2 acima.

5. Prazo de execução da transação de pagamento

5.1. Os seguintes prazos de execução são estabelecidos:
a) No caso de ordens de transferência aos beneficiários, a ordem de pagamento terá como data-valor o mesmo dia do seu débito na conta de pagamento do usuário na ÁREA DE PAGAMENTO e o valor da operação será repassado para a conta bancária do beneficiário no prazo máximo de um dia útil a partir da data de recebimento da ordem de pagamento pela ÁREA DE PAGAMENTO.
b) No caso de crédito na conta do utilizador dos valores correspondentes à devolução do seu investimento, o referido pagamento será efectuado no dia útil em que os referidos valores tenham sido, por sua vez, creditados na conta bancária da PAY ÁREA. Estes fundos ficarão à disposição do usuário no prazo máximo de um dia útil a partir do momento em que o valor foi pago na conta bancária da ÁREA DE PAGAMENTO, para o que esta data deverá constar nas informações referentes ao pagamento na conta de pagamento do usuário em PAY ÁREA.

5.2 Por dia útil entende-se os dias úteis bancários na capital Soria.

6. Rejeição de uma transação de pagamento pela ÁREA DE PAGAMENTO

6.1. A ÁREA DE PAGAMENTO poderá indeferir a execução de ordem de pagamento nos termos previstos no artigo 36 do LSP, notificando o usuário da referida recusa e, na medida do possível, os motivos da mesma, bem como o procedimento para retificar eventuais erros de fato que o motivaram, a menos que outra regra proíba tal notificação.

6.2 A notificação da suspensão ou rejeição da execução da operação de pagamento será feita por meio eletrônico e será realizada no dia útil seguinte ao da suspensão ou rejeição.

6.3. As ordens de pagamento cuja execução tenha sido rejeitada pela ÁREA DE PAGAMENTO serão consideradas não recebidas para os efeitos previstos nas cláusulas 5 e 9 deste contrato, de acordo com o disposto nos artigos 40 e 45 da Lei dos Serviços de Pagamento.

7. informação

7.1. A ÁREA DE PAGAMENTO colocará à disposição do usuário informações atualizadas sobre a situação de suas operações de pagamento e saldo de provisão de recursos, bem como quaisquer informações relevantes. Porém, o usuário que tiver a condição de consumidor terá o direito de receber a qualquer momento essas informações em papel ou outro meio durável, mediante solicitação expressa à ÁREA DE PAGAMENTO.

7.2. Da mesma forma, no que diz respeito às operações de pagamento realizadas por utilizadores que se encontrem na condição de consumidores, uma vez debitado o valor de uma operação de pagamento na conta do utilizador na ÁREA DE PAGAMENTO ou nela tenha havido um pagamento, a ÁREA DE PAGAMENTO procederá ao seguinte informações à disposição do usuário, pelos mesmos meios indicados acima:
- Uma referência que permite ao usuário identificar a operação de pagamento, bem como as informações relativas ao beneficiário.
- O valor da operação de pagamento em euros.
- O montante de quaisquer despesas que, se for caso disso, sejam geradas com a realização da operação de pagamento, com a sua decomposição.
- A data-valor do débito ou a data de recebimento da ordem de pagamento.
A ÁREA DE PAGAMENTO fornecerá essas informações ao usuário, gratuitamente, uma vez por mês, na forma indicada acima.

7.3. A AREA DE PAGAMENTO fornecerá ao usuário todas as informações legalmente exigidas em espanhol e / ou inglês, a menos que seja obrigatório por lei fornecer as informações em outro idioma.

8. Notificação de operações de pagamento não autorizadas ou incorretamente executadas

8.1 Quando o usuário tomar conhecimento da ocorrência de uma transação de pagamento não autorizada ou executada incorretamente, deverá notificar a ÁREA DE PAGAMENTO, através da Plataforma Parceira, sem demora indevida, para poder retificá-la. Para o efeito, entende-se que o utilizador teve conhecimento da operação de pagamento quando consultou o estado da sua conta de utilizador ou se passaram cinco dias desde que a ÁREA DE PAGAMENTO o comunicou por e-mail da disponibilização de as informações da operação de pagamento correspondente. De acordo com o disposto no artigo 23.º do LSP, caso o utilizador não seja consumidor, não se aplica o disposto no artigo 30.º do LSP, relativamente à prova de autenticação e execução das operações de pagamento.

8.2. Recebida a tempo uma comunicação do usuário sobre a execução de uma operação de pagamento não autorizada ou executada incorretamente por motivos imputáveis ​​à ÁREA DE PAGAMENTO, restaurará a conta de pagamento do usuário no estado que teria existido caso a operação de pagamento não tivesse sido realizada.

8.3. De acordo com o disposto no artigo 32.2 do LSP, o usuário arcará com o total das perdas que enfrente no caso de a operação não autorizada ser o resultado de sua ação fraudulenta ou de violação deliberada ou negligência grave de suas obrigações de proteger o seu nome de usuário e senhas ou comunicar à PAY AREA, nos prazos indicados nesta cláusula, o uso não autorizado dos referidos elementos de segurança.

9. Responsabilidade da ÁREA DE PAGAMENTO pela não execução ou execução defeituosa de uma transação de pagamento

9.1. Quando o PAY AREA executa uma operação de pagamento de acordo com o "identificador único" fornecido através da Plataforma do Parceiro (código IBAN da conta bancária do "beneficiário"), ou fornecido pelo usuário (código IBAN de sua "conta bancária associada"), o pagamento operação será considerada executada corretamente.

9.2. A PAY AREA não se responsabiliza pela não execução ou execução defeituosa de uma operação de pagamento se o referido identificador único estiver incorreto. Nesse caso, no entanto, a PAY AREA fará todos os esforços razoáveis ​​para recuperar os fundos da transação de pagamento e pagá-los à conta de pagamento do usuário, embora a PAY AREA possa cobrar do usuário as taxas bancárias que ele teria que arcar para a recuperação. dos fundos e seu crédito na conta de pagamento do usuário.

9.3. A ÁREA DE PAGAMENTO será responsável perante o utilizador pela correcta execução da operação de pagamento que dele receber na medida em que esteja sob o seu controlo, nos termos abaixo indicados:
a) No caso de ordens de transferência ao beneficiário, até ao momento em que a ÁREA DE PAGAMENTO emita correctamente a ordem de transferência à instituição de crédito onde tem a sua conta aberta e nela se debita o valor da conta. ordem de pagamento emitida por o usuário.
b) No caso de créditos na conta do utilizador de quaisquer valores correspondentes ao retorno do seu investimento na Plataforma Parceira, desde o momento em que recebem os fundos do prestador de serviços de pagamento do promotor e até ao momento em que são creditados na conta do utilizador em ÁREA DE PAGAMENTO.

9.4. No caso de operações de pagamento não executadas ou executadas com defeito, quando a PAY AREA for de responsabilidade do usuário, ela restaurará a conta de pagamento do usuário no estado que existiria caso a operação de pagamento não tivesse sido realizada. Em qualquer caso, a PAY AREA tentará obter imediatamente, a pedido e independentemente da sua responsabilidade, os dados relativos à operação de pagamento e notificará o utilizador dos resultados.

10. Ausência de responsabilidade da ÁREA DE PAGAMENTO

10.1. A ÁREA DE PAGAMENTO não será responsável pela execução incorreta por você das operações em caso de circunstâncias excepcionais ou imprevisíveis fora de seu controle, cujas consequências seriam inevitáveis ​​apesar de todos os esforços em contrário, bem como no caso de o a execução incorreta deve-se ao cumprimento de outras obrigações legais.

11. Destino e salvaguarda dos fundos dos usuários dos serviços de pagamento

11.1. Em cumprimento ao disposto no artigo 10.1 a) da Lei 16/2009, de 13 de novembro, sobre serviços de pagamento, a PAY AREA informa ao usuário que a PAY AREA salvaguardará os valores recebidos dos usuários mediante o seguinte procedimento: Em nenhum momento. misturar-se com os fundos de qualquer pessoa física ou jurídica que não seja usuária dos serviços de pagamento em cujo nome os fundos estejam disponíveis e, caso ainda estejam em posse da ÁREA DE PAGAMENTO e ainda não tenham sido entregues ao beneficiário No no final do dia útil seguinte ao dia do recebimento dos recursos, os mesmos serão depositados em conta bancária separada em instituição de crédito ou investidos em ativos seguros, líquidos e de baixo risco, nos termos do artigo
17.2 do Real Decreto 712/2010, de 28 de maio. Conforme previsto no artigo 10.1 a)

da Lei 16/2009, de 13 de novembro, sobre serviços de pagamento, os usuários como titulares dos fundos terão o direito de segregação das contas e bens acima mencionados, de acordo com o regulamento da falência, como beneficiários dos serviços de pagamento de PAY AREA, no que diz respeito a eventuais reclamações de outros credores da AREA DE PAGAMENTO, nomeadamente em caso de insolvência.

12. Mandato para gerir a cobrança dos valores correspondentes ao retorno do investimento

12.1. Caso seja aplicável, por meio deste contrato o usuário (principal) instrui a ÁREA DE PAGAMENTO (agente), que aceita, o mandato de realizar a gestão da cobrança dos valores que o usuário deve receber correspondentes à devolução de seus investimento nas operações publicadas na Plataforma do Colaborador em que participa.

12.2. A entidade proprietária da Plataforma Colaboradora irá gerar o Caderno para a emissão dos arquivos dos Débitos Diretos SEPA nas contas dos pagadores e enviará para a ÁREA DE PAGAMENTO para que processe a cobrança junto aos promotores dos valores correspondentes à devolução dos o investimento que o usuário deve receber, recebendo os fundos PAY AREA em nome do usuário.

12.3. Uma vez que os fundos correspondentes aos débitos diretos nas contas dos pagadores sejam creditados na conta bancária da ÁREA DE PAGAMENTO, este creditará imediatamente na conta de pagamento do usuário o valor correspondente ao retorno dos seus investimentos.

12.4. O usuário autoriza expressamente a PAY AREA a cobrar dos pagadores os valores correspondentes ao retorno do seu investimento em seu nome. O usuário terá acesso às informações sobre os encargos recebidos em relação a cada projeto de financiamento e a data-valor do pagamento através de sua conta na Plataforma Parceira.

13.- Duração e retirada. Resolução e modificação do contrato
13.1 O contrato terá duração indeterminada, podendo as partes rescindi-lo a qualquer momento com aviso prévio de um mês no caso de resolução a pedido do utilizador e dois meses a pedido da ÁREA DE PAGAMENTO. Caso o usuário não tenha a condição de consumidor, o prazo de notificação para ambas as partes será de um mês. A notificação da notificação será feita por ambas as partes por meio da Plataforma do Parceiro. Qualquer uma das partes poderá rescindir o presente contrato com efeito imediato em caso de violação de qualquer das obrigações da outra parte nos termos da lei.

13.2. Da mesma forma, este contrato também será rescindido no caso de rescisão do contrato de colaboração firmado pela ÁREA DE PAGAMENTO com a entidade proprietária da Plataforma Colaboradora.

13.3. Em caso de resolução, PAY AREA procederá à finalização da execução das operações de pagamento recebidas, após o que transferirá o saldo existente na conta do utilizador para a “conta bancária associada” do utilizador.

13.4. Quando o utilizador tiver a condição de consumidor, pode exercer, sem qualquer motivação ou penalidade, o direito de rescisão do contrato no prazo de 14 dias corridos a contar da sua concessão. O usuário pode exercer o seu direito de rescindir este contrato enviando a notificação correspondente através da Plataforma Parceira. Sem prejuízo do anterior, caso a ÁREA DE PAGAMENTO tenha transferido ao beneficiário os fundos correspondentes à operação de pagamento, este não poderá exercer o direito de rescisão, mesmo que não tenha ainda decorrido o referido prazo de 14 dias corridos. Imediatamente depois

Ao receber a notificação de saque, a ÁREA DE PAGAMENTO colocará à disposição do usuário, em sua conta de pagamento, qualquer valor que tenha recebido dele, exceto os valores correspondentes à operação de pagamento que já tenham sido repassados ​​ao beneficiário.

13.5. A ÁREA DE PAGAMENTO pode modificar as condições estipuladas neste contrato a qualquer momento. Caso o usuário tenha a condição de consumidor, o PAY AREA deverá notificar previamente o usuário da referida modificação, expressamente, por meio da Plataforma Parceira, dois meses antes da data de efetivação da modificação, caso em que o usuário poderá rescindir esta contrato imediatamente e sem custo antes das modificações entrarem em vigor. Será considerado que o utilizador aceitou a modificação se, decorrido o prazo referido, não tenha comunicado à ÁREA DE PAGAMENTO, através da Plataforma Parceira, a sua recusa em aceitar a modificação.

14.- Comissões e despesas

14.1. Em virtude dos acordos firmados entre a ÁREA DE PAGAMENTO e a entidade proprietária da Plataforma do Colaborador, a ÁREA DE PAGAMENTO não repassará aos usuários cadastrados na Plataforma do Colaborador qualquer comissão ou despesa pela prestação de serviços de pagamento, nem pela gestão de cobrança de os valores correspondentes ao retorno dos seus investimentos.

15.- Notificações e reclamações

15.1. A qualquer momento da relação contratual, o utilizador que tenha o estatuto de consumidor e assim o solicite terá direito a receber em papel, as condições contratuais deste contrato-quadro, bem como as informações legalmente exigidas em relação às operações de pagamento realizadas Fora.

15.2. A ÁREA DE PAGAMENTO possui um Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), de acordo com as obrigações estabelecidas no Despacho ECO / 734/2004, de 11 de março, nos Departamentos e Serviços de Atendimento ao Cliente e na Ouvidoria do Cliente das Entidades Financeiras, que tem por finalidade atender e dirimir reclamações e reclamações dos clientes da ÁREA DE PAGAMENTO em relação à prestação de serviços de pagamento. Os utilizadores podem dirigir as suas reclamações e reclamações ao Serviço de Apoio ao Cliente ou contactar o referido serviço através do endereço postal que consta no cabeçalho ou pelo e-mail sac@mytripleaprestamos.com. A utilização de meios informáticos, eletrónicos ou telemáticos deve cumprir os requisitos previstos na Lei 59/2003, de 19 de dezembro, em assinatura eletrónica. O SAC deve atender e resolver as reclamações e reclamações apresentadas pelos usuários no prazo de dois meses a partir de sua apresentação ao Serviço de Atendimento ao Cliente. O procedimento de resolução de reclamações e reclamações encontra-se descrito no Regulamento Operacional do Serviço de Atendimento ao Cliente, que se encontra à disposição dos usuários no site da ÁREA DE PAGAMENTO. Apenas no caso de a reclamação apresentada ao Serviço de Apoio ao Cliente da ÁREA DE PAGAMENTO ter sido rejeitada, ou se tiver decorrido o prazo de um mês sem que o referido Serviço de Apoio ao Cliente tenha notificado o utilizador da sua resolução expressa, o utilizador poderá apresentar a sua queixa no Banco de Departamento de Conduta de Mercado e Reclamações da Espanha no seguinte endereço: calle Alcalá 50, 28014 Madrid, ou no seguinte endereço de e-mail: sjuscr@bde.es.

16.- Atribuição

16.1. A PAY AREA poderá ceder, total ou parcialmente, este contrato a qualquer outra empresa do seu grupo ou a terceiros sem o consentimento prévio do utilizador. A entidade cessionária

Deve ser uma entidade autorizada a prestar, pelo menos, os mesmos serviços de pagamento que a PAY AREA pode prestar.

17.- Privacidade e proteção de dados

17.1. O usuário aceita que todas as informações pessoais fornecidas à PAY AREA possam ser coletadas, armazenadas, processadas e utilizadas pela PAY AREA, como controladora de dados, para processar e executar serviços de pagamento e ordens de pagamento e / ou pagamentos. O tratamento dos dados é legitimado pela celebração do contrato-quadro de serviços de pagamento e mandato, bem como no cumprimento das obrigações legais que correspondem à área de pagamento. Da mesma forma, os dados pessoais podem ser colocados à disposição dos beneficiários de serviços de pagamento, outros prestadores de serviços para a execução de serviços de pagamento e órgãos reguladores do setor financeiro. O utilizador pode exercer os seus direitos de acesso, rectificação, supressão, oposição, limitação de tratamento, portabilidade e reclamação junto da autoridade de controlo, conforme explicado na informação adicional disponível na política de privacidade em anexo ao presente contrato.

18.- Legislação e jurisdição

18.1. Este contrato está sujeito ao direito espanhol e, no seu interior, aos princípios e regras do Direito Civil Comum, sem referência às regras de conflito de leis ou às regras ou princípios do Direito Foral, bem como às regras contidas na Lei 16 / 2009, de 13 de novembro, sobre serviços de pagamento, Real Decreto 712/2010, de 28 de maio, sobre o regime jurídico dos serviços de pagamento e entidades pagadoras, Despacho EHA / 1608/2010, de 14 de junho, sobre transparência de condições e informações requisitos aplicáveis ​​aos serviços de pagamento, bem como as demais disposições regulamentares espanholas aplicáveis ​​à prestação de serviços de pagamento.

18.2. Nos casos em que a regulamentação em vigor preveja a possibilidade de as partes se submeterem a uma jurisdição específica, a ÁREA DE PAGAMENTO e o usuário, com expressamente renunciando a qualquer outra jurisdição que lhes corresponda, remete aos Tribunais e Tribunais da cidade de Soria, a menos que outra jurisdição obrigatória seja aplicável por lei, caso em que as partes se submetem expressamente a essa jurisdição.

18.3. Seguem abaixo as normas sobre transparência e proteção do usuário de serviços de pagamento, que se aplicam aos usuários da ÁREA DE PAGAMENTO:
- Lei 16/2009, de 13 de novembro, sobre serviços de pagamento.
- Real Decreto 712/2010, de 28 de maio, sobre o regime jurídico dos serviços de pagamento e das entidades pagadoras.
- Despacho EHA 1608/2010, de 14 de junho, sobre transparência das condições e requisitos de informação aplicáveis ​​aos serviços de pagamento.
- Despacho EHA / 1718/2010, de 11 de junho, que regulamenta e fiscaliza a publicidade de serviços e produtos bancários.
- Despacho ECO / 734/2004, de 11 de março, sobre os departamentos e serviços de atendimento ao cliente e a ouvidoria de instituições financeiras.
- Circular do Banco de Espanha 6/2010, de 28 de setembro, sobre a publicidade a serviços e produtos bancários.
- Lei 7/1998, de 13 de abril, sobre as Condições Gerais de Contratação.
Caso os usuários tenham o status de consumidores, as seguintes regras também se aplicam:

- Real Decreto Legislativo 1/2007, de 16 de novembro, que aprova o Texto Consolidado da Lei Geral de Defesa do Consumidor e do Utilizador e demais leis complementares.
- Lei 22/2007, de 11 de julho, relativa à comercialização à distância de serviços financeiros ao consumidor.

Anexado

POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Este documento inclui a política de privacidade de Pay Area, com endereço para fins de notificação no Centro Empresarial Las Camaretas, Calle N, nº 6, 4º planta, Golmayo Soria, CIF B 42206037, registrado no Registro Mercantil de Soria no tomo 193, folha 210 , primeira entrada, proprietário do site hospedado sob o nome de domínio www.payarea.com (o "site" ou o "site"):

• Email: privacy@payarea.com
• Endereço do site: https://www.payarea.com
• Registro do Banco da Espanha nº 6869: http://app.bde.es

1.-Informação para usuários

De acordo com a legislação em vigor sobre proteção de dados pessoais, informamos que os dados que você expressamente consente em compartilhar conosco, ou que venha a nos fornecer no futuro, serão processados ​​pela Área de Pagamento, como controlador de dados, com o finalidade de processamento e execução de serviços de gerenciamento de cobrança e pagamento e identificando você

Objetivo dos dados:

- Processar e executar os serviços de pagamento e cumprir as demais funções previstas no contrato.
- Processar e executar ordens de pagamento e / ou cobrança através dos sites aceitos pelo usuário.
- Cumprir as obrigações legais a que a Área de Pagamento esteja obrigada, como as derivadas das normas de prevenção à lavagem de dinheiro e financiamento ao terrorismo.
- Realizar inquéritos sobre a qualidade dos serviços que oferecemos, bem como realizar ações estatísticas.
- Poder melhorar o uso que você faz do nosso site, dos sites com os quais a Área de Pagamento colabora para oferecer serviços de pagamento e identificá-lo.

Retenção de dados

A Pay Area guardará os dados fornecidos enquanto for mantida a relação contratual que motivou o seu tratamento ou, se for caso disso, desde que o destinatário não exerça o seu direito de suprimir ou se opor ao tratamento, e ainda mais tarde para cumprir as responsabilidades do tratamento dos dados.

Legitimação:

- Execução do contrato de serviços de pagamento e / ou mandato.
- Cumprimento de obrigações legais de gestão administrativa, fiscal e contábil.
- Consentimento expresso do interessado.

Destinatários:

Você concorda expressamente que seus dados possam ser comunicados ou transferidos pela Área de Pagamento para:

(i) À (s) empresa (s) proprietária (s) da Plataforma Colaboradora com a qual a Área de Pagamento tenha firmado acordo para prestação de serviços de pagamento e / ou cobrança.
(ii) Aos beneficiários dos serviços de pagamento / cobrança.
(iii) Órgãos públicos ou reguladores do setor financeiro, com base no cumprimento de obrigações legais a que está sujeita a Área de Pagamento, tais como:
para. Serviço de Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Crimes Monetários (SEPBLAC).
b. Banco da Espanha.
c. Comissão Nacional do Mercado de Valores Mobiliários (CNMV).
(iv) a subcontratados e prestadores de serviços externos cuja intervenção seja necessária para a prestação dos serviços.

A Área de Pagamento informa que as instituições de crédito e outros prestadores de serviços de pagamento, bem como sistemas de pagamento e prestadores de serviços de tecnologia relacionados, aos quais os dados são transmitidos para realizar operações de transferência de dinheiro, podem estar vinculados pela legislação do Estado onde operam, ou por Acordos por ela celebrados para fornecer informações sobre as operações às autoridades ou organismos oficiais de outros países, localizados dentro e fora da União Europeia, no âmbito da luta contra o financiamento do terrorismo e as formas graves de crime organizado e da prevenção do dinheiro lavagem. Quando apropriado, a Pay Area adotará as medidas legais necessárias.

Você pode se opor ao processamento e transferência de dados pessoais previstos neste parágrafo nos termos da lei.

Obtendo os dados

Você se compromete e se obriga a notificar imediatamente a Área de Pagamento sobre qualquer modificação em seus dados pessoais para que as informações contidas em seus sistemas sejam sempre atualizadas, sejam verdadeiras e não contenham erros.

No caso de os dados fornecidos se referirem a outras pessoas singulares que não você, declara que informou e obteve o seu consentimento prévio para o tratamento dos seus dados de acordo com os fins previstos nesta cláusula.

Salvo disposição expressa em contrário no momento da coleta, todos os dados pessoais coletados pela web ou por qualquer outro meio são obrigatórios, pois são elementos essenciais para a formalização, manutenção, desenvolvimento, cumprimento e / ou controle da relação comercial, ou se for caso disso, para a apreciação do seu pedido, de forma que o não cumprimento dos mesmos conduza à impossibilidade de formalização da referida relação ou, se for o caso, à negação automática do seu pedido.

Direitos dos detentores dos dados

Você tem o direito de acesso, retificação, exclusão, oposição, limitação de tratamento, portabilidade e de fazer qualquer reclamação que seja apropriada ao seu direito, dirigindo-se à autoridade de controle correspondente. Para exercer esses direitos, você pode fazê-lo enviando uma comunicação por escrito assinada anexando uma cópia do seu documento de identidade nacional ou qualquer outra documentação que o identifique:

1. Enviar uma comunicação por escrito assinada anexando uma cópia do seu documento de identidade nacional ou qualquer outra documentação que o identifique para:

Las Camaretas Business Center, Calle N, nº 6, 4º andar, Golmayo Soria Delegado de atenção para proteção de dados
2. Por e-mail para o endereço privacy @ pay area.com a partir do endereço usado para o registro.

Em qualquer caso, se tiver alguma questão em relação ao tratamento de dados que efectuamos, não hesite em enviar-nos um email para privacy@payarea.com

Segurança

A Área de Pagamento informa que implementou as medidas técnicas e organizacionais de segurança necessárias para garantir a segurança dos seus dados pessoais e evitar a sua alteração, perda, tratamento e / ou acesso não autorizado, tendo em conta o estado da tecnologia, a natureza do os dados armazenados e os riscos aos quais estão expostos, sejam eles provenientes da ação humana ou do ambiente físico ou natural. Apesar disso, você deve estar ciente de que as medidas de segurança na Internet não são infalíveis.

2.- Política de cookies

Esta Política de Cookies é parte da Política de Privacidade do Site e de qualquer um dos subdomínios ou páginas da web dependentes dele. Usamos cookies para melhorar nossos serviços. Ao continuar a navegar em nosso site, entendemos que você aceita seu uso e nossa Política de Cookies.

O que é um biscoito

Um cookie é um pequeno arquivo de informação criado pelo site que é visitado e que guarda informações no computador do usuário para fornecer acesso às diferentes funções.

Por que usamos cookies?

Usamos cookies para obter mais informações sobre como os visitantes interagem com nosso conteúdo e para nos ajudar a melhorar a experiência ao visitar nosso site.

La información a la que tenemos acceso a través de las cookies nos permite personalizar los servicios en función de sus intereses, pero, en ningún caso, nuestras cookies nos permiten obtener datos de carácter personal, ni tampoco pueden leer datos u otras cookies que existan en sua equipe.

Como os cookies são rejeitados?

Pode impedir a utilização dos nossos cookies no seu computador através da opção correspondente do seu navegador (função de ajuda), mas neste caso não poderá usufruir das facilidades e personalizações dos serviços que os cookies permitem e até o informamos de que pode acontecer que algumas das funções falhem.

Tipos de cookies

Usamos os seguintes tipos de cookies em nosso site:

(i) - Cookies de medição: permitem quantificar o número de utilizadores e assim proceder à medição e análise estatística da utilização que fazem dos serviços oferecidos, de forma a melhorar a oferta oferecida aos utilizadores.
(ii) - Cookies de identificação: permitem ao utilizador identificar-se e autenticar-se nas suas sucessivas visitas ao Site e aceder aos conteúdos autorizados.
(iii) - Cookies de balanceamento de carga: o balanceamento de carga é uma técnica que permite que o tratamento de solicitações de um servidor web seja distribuído entre um conjunto de máquinas em standby em vez de apenas uma. O cookie pode ser usado para identificar o servidor de backup para o qual o balanceador de carga redirecionará corretamente as solicitações.
(iv) - Cookies do reprodutor multimídia: são utilizados para armazenar os dados técnicos necessários à reprodução do conteúdo de vídeo ou áudio, como qualidade de imagem, velocidade de conexão da rede e parâmetros de armazenamento temporário.

Vamos modificar a configuração dos cookies
Você pode restringir, bloquear ou excluir cookies de qualquer site, usando seu navegador. Em cada navegador a operação é diferente, a função 'Ajuda' mostrará como fazê-lo. Indicamos a seguir os links para os serviços de suporte dos diferentes provedores de navegadores web, nos quais é indicado como Excluir, habilitar e gerenciar cookies:
Internet Explorer: windows.microsoft.com/es-xl/internet-explorer/delete-manage- cookies # ie = »ie-10 ″
FireFox: https://support.mozilla.org/es/ track-preferences
Chrome: support.google.com/chrome/answer/95647?hl=quentlyes »
Safari: www.apple.com/es/privacy/use-of-cookies/
Edge: https://support.microsoft.com/es-es/

3.- Notificação de mudanças

Se no futuro houver mudanças em nossa política de privacidade e / ou práticas que possam afetar seus dados de identificação pessoal, iremos notificá-lo sobre as mudanças relevantes por meio de um aviso em nosso site.
Da mesma forma, como usuário, você deve nos notificar de quaisquer alterações que ocorram nos dados que você forneceu, respondendo em qualquer caso à veracidade e exatidão dos dados fornecidos em todos os momentos.

Voltar ao topo