Ir para o conteúdo principal

Como meu investimento é liquidado?

Lembre-se de que, ao investir em nossas oportunidades, você está adquirindo ações sociais de uma empresa (SL), promotora do projeto. Portanto, para liquidar seu investimento, é realizado o processo de dissolução e liquidação da empresa.

O processo para dissolver e liquidar uma empresa é uma operação complexa que possui vários requisitos e etapas que devem ser seguidos.
A dissolução das empresas implica a extinção dos mesmos, ou o que é o mesmo: seu desaparecimento do tráfego legal.
É a solução mais recomendada quando você deseja fechar um negócio e interromper sua atividade permanentemente. Terminado o processo de liquidação, as obrigações da empresa também cessarão.

Como é realizado o processo de dissolução e liquidação da empresa?

  • conjuntamente no mesmo ato
  • separadamente, primeiro concluindo a dissolução e a abertura da liquidação. Concluídos esses procedimentos, a empresa é liquidada, cancelando posteriormente as entradas no Registro Comercial.

No caso de optar por executar os dois separadamente, a primeira fase não implica a extinção da empresa, nem o desaparecimento do vínculo de parceiros.

1- A dissolução: causa e registro

A dissolução de uma empresa pode ser causada por diverso Causas contemplado pelo estatuto social da empresa e no Real Decreto Legislativo 1 / 2010, de julho 2, da Lei das Sociedades por Capital, destacando:

  • Acordo da Assembléia Geral de Membros
  • Causa completa
    • Durante o prazo estabelecido pelos estatutos
    • Pelo período de um ano desde a adoção do contrato de redução de capital abaixo do mínimo legal
  • Verificação de causa legal ou estatutária, entre outros:
    • Pela cessação da atividade do objeto social
    • Por manifestada impossibilidade de realizar o propósito social
    • Pela paralisia dos órgãos sociais
    • Para perdas que reduzam o patrimônio líquido a menos da metade do capital social
    • Redução de capital abaixo do mínimo legal
    • Por outras razões estabelecidas nos estatutos

A dissolução da empresa deve ser formalizada por meio de escritura pública perante um notário e registrada no Registro Mercantil correspondente ao domicílio da empresa e sua publicação no Diário Oficial do Registro Comercial.

2- Liquidação da empresa

Uma vez acordada a dissolução, é aberto o período de liquidação da empresa, cujas principais características são:

  • sua personalidade jurídica é mantida, mas suspende a atividade comum da empresa
  • com a abertura do período de liquidação, a Administrador da mesma cessar em sua posição e deixar de ser os representantes da sociedade. Eu sei nome no mesmo ato, o liquidatários da sociedade, que assume todas as funções dos administradores.
  • Os responsáveis ​​pela execução desse processo de liquidação e representação da empresa são os liquidatários designados no estatuto social ou indicados pela Assembléia Geral.
  • o principal passivo dos liquidatários devem, entre outros, zelar pela integridade do patrimônio social enquanto sua distribuição não ocorrer. Formular inventário e saldo final, realizar as operações necessárias para liquidação, receber créditos sociais e pagar dívidas sociais, manter contabilidade e custódia dos livros e documentação da empresa, informar parceiros e credores sobre o processo de liquidação, etc.
  • a empresa que está nessa fase deve adicionar ao nome da empresa a expressão "Em liquidação".

O objetivo do período de liquidação é a distribuição dos ativos sociais dele resultantes entre os parceiros, uma vez que os empréstimos em aberto foram cobrados e as dívidas da empresa foram pagas.

As operações de liquidação sociedade, de acordo com o estabelecido em seu Estatuto Social e na lei aplicável, serão realizadas pelos liquidatários a partir de um Balanço e Inventário da empresa na data da dissolução, e realizará as operações pendentes e necessárias para liquidação:

  • cobrança de crédito da sociedade
  • pagamento de dívidas da sociedade
  • venda / venda dos ativos da empresa
  • qualquer outro necessário para liquidar a empresa

3- Reunião geral de parceiros

Aprovação do Saldo Final, leitura do Relatório de Transações de Liquidação e Proposta para a divisão do crédito social. Aprovação da operação.

Concluídas as operações de liquidação, será realizada a Assembléia Geral dos sócios para a aprovação do Saldo Final da Liquidaçãojunto com um Relatório completo das operações de liquidação, bem como proposta de divisão do patrimônio social resultante entre os sócios, dependendo do que for determinado pelo Estatuto Social ou, na sua falta, proporcional à sua participação no capital social.

4- Escritura pública. Registro no Registro Comercial

Concluídos os processos de dissolução e liquidação, os liquidantes devem conceder documento público dos acordos adotados para extinguir a empresa antes de notário.

Esse registrará no Registro Mercantile o cancelamento das entradas de registro da empresa.

Depois que toda a operação for concluída e os assentos da empresa forem cancelados, a empresa perderá sua personalidade jurídica e, portanto, Será extinto para todos os seus fins.

5- Tributação da operação

A tributação da operação será realizada por Imposto sobre Transmissões Patrimoniais e Atos Jurídicos Documentados na modalidade Operações Corporativas, que os parceiros pagarão com base na taxa de liquidação recebida por cada um (1%).

Voltar ao topo